Feeds:
Posts
Comentários

Archive for junho \17\UTC 2012

O que há de verdadeiramente aterrador em Dostoiévski é que seus livros são nutridos com a sua carne, o seu sangue, a sua alma, a sua vida, com todos os seus pensamentos e o seu ofrimento integral.

Ruth Guimarães

Falar de Doistoiévski é falar da experiência humana pelo viés subterrâneo. É admitir as forças e as fraquezas intrínsecas à alma humana e desfiá-las uma a uma. É conhecer os mistérios individuais, as obscuridades da mente, as entrelinhas do ser. Através do texto elaborado por Eduardo Pereira Machado, disponível na edição 165 da Revista Evidência (http://www.revistaevidencia.com.br/edicoes.html?), é possível ao leitor enveredar pelos desvãos da literatura psicológica em seu cerne. É possível perceber por que Dostoiévski se tornou influência e referência a escritores e leitores dos séculos XX e XXI.

A melhor definição que posso dar a um homem é a de um ser que se habitua a tudo.

Dostoiévski

Read Full Post »